Caminho de fel

Não posso mais dizer-te Que o rancor que carregas em seu coração Contra todos que não são o que tu queres é como veneno que contamina...

O VENTO MORNO DA TARDE

O vento morno da tarde tocou o seu rosto e trouxe a seu espírito uma paz que não sentia a tempos. Estava cansada, muito cansada, de tudo e de todos. O mundo era grande demais para seus ombros. E era ainda maior, imenso, pois o egoísmo era como uma doença que ressecava o espírito e aumentava a distância entre as pessoas, fazendo com que um pedaço de terra de dez metros quadrados pareça conter milhares de anos-luz...

CENA DE CRIME

O dia amanhecera gelado. Uma densa neblina cobria toda a cidade desde as primeiras horas da madrugada, e naquele momento, as 6h30 da manhã, o mundo ainda parecia envolto em uma grande nuvem. Os primeiros raios solares já despontavam no horizonte, mas ainda não iluminavam suficientemente as ruas, e a luz artificial dos postes ainda era a única arma contra a escuridão completa...

TURMA DA RUA 6 – UM CRIME HEDIONDO

Acordar cedo nunca é bom, e é pior ainda quando você é um adolescente e o motivo do despertar é uma manhã inteira de aulas. Era quarta-feira, e isso queria dizer que o final de semana ainda estava longe, e pior, era dia de aula germinada de matemática. Era começo de ano ainda, mas as primeiras aulas com a professora Jacira não foram nada agradáveis e esse ano tudo indicava ...

TURMA DA RUA 6 – AVENTURA NO CONVENTO

Curitiba já era uma cidade grande e muito bem urbanizada, modelo de limpeza e mobilidade Brasil afora, mas a rua seis se localizava no bairro do Boqueirão, no sul da cidade, que era um bairro bastante populoso já nessa época, mas ainda estava começando a se urbanizar, e haviam terrenos baldios espalhados para toda a parte, que eram usados como campos de futebol improvisados...

TURMA DA RUA 6 -UMA IMPORTANTE REUNIÃO

Era um dia muito importante para o futuro do time. Após vários jogos juntos, muitas vitórias, várias derrotas e alguns jogos que não chegaram ao fim devido à vários motivos (geralmente brigas entre os jogadores adversários ou então invasão do campinho pelos garotos mais velhos), finalmente estavam reunidos para definir o nome do time e o símbolo que iriam utilizar...